Como já foi destacado em outros artigos aqui no blog da Firma, existem diversos aspectos relevantes em relação à persona, sendo que os dois principais são: uma dor (que pode ser amenizada ou eliminada pela solução que a empresa tem para oferecer); e um sonho (que pode se tornar real graças ao valor gerado pelo produto ou serviço da empresa).

No entanto, embora muitas empresas saibam que esses são os dois aspectos mais relevantes e que devem ser explorados no desenvolvimento das estratégias de vendas, ainda são poucas aquelas que realmente conseguem colocar isso em prática. Sendo que isso se deve a um erro que é cometido por quase todo mundo no que se refere à definição da persona: o receio de ser o mais específico possível.

Acontece que, devido a aspectos como o tamanho elevado do seu público-alvo e à variedade dos nichos de atuação, muitas empresas acabam não explorando tudo aquilo que podem em relação à definição da sua persona. Ou seja, não há um aprofundamento nas características desse consumidor considerado ideal.

Assim, devido à falta de especificidade nas informações relativas ao perfil da persona, acaba sendo praticamente impossível desenvolver estratégias que realmente conquistem o consumidor, pois as soluções apresentadas não estão alinhadas com as preferências e as necessidades dele. Por isso, a obtenção de informações específicas é tão relevante. Quanto mais amplo for o material obtido sobre a persona, maiores serão as chances de serem desenvolvias soluções perfeitas para ela.

Desse modo, o ponto crucial em relação a essa questão é jamais ter receio em ser específico demais. Obviamente, isso é algo que demanda muita dedicação e paciência, já que leva um tempo para que seja possível obter e organizar todas as informações relevantes. Todavia, ter clareza em relação às suas personas e compreender o que elas desejam e quais são os fatores que as influenciam, é a única forma eficiente de conseguir criar as soluções ideais para cada perfil.

Quando se conhece o caminho, tanto racional como emocional, que a persona percorre no momento de adquirir algum produto ou serviço, trabalha-se em cima disso para criar algo perfeito para ela.

Assim, desde a conversão, passando pela eficiência no relacionamento, até chegar às vendas propriamente ditas, tudo ocorre de uma maneira que, apesar de ter sido construída lentamente e com base em estudos aprofundados (e isso é excelente), encaixa-se perfeitamente nas expectativas do consumidor e também naquilo que a empresa vislumbrava para si quando começou suas atividades. Dessa forma, com todo mundo satisfeito com os resultados que está obtendo, a tendência é que o relacionamento se torne cada vez mais estreito e as vendas ocorram de forma natural.

Por tudo isso, mesmo sabendo que esse é um trabalho demorado e que exige esforço, tente sempre ser o mais específico possível no momento de definir as suas personas. Até porque, como isso é indispensável para o êxito das suas estratégias de venda, quanto mais você se aprofundar nas características do seu público, mais clientes você conquistará e, consequentemente, terá maiores chances de fazer o seu negócio atingir novos patamares dentro do seu segmento de atuação.